# Traduzindo

Vue has spread across the globe, with the core team being in at least half a dozen different timezones. The community is growing all the time and we want to make the documentation accessible to as many people as possible.

Providing translations for the documentation is not something that the core team can manage alone. Thankfully, we have a great community of translators making contributions both large and small. If you've been thinking about contributing to the project, perhaps this is a good place to start?

# Community translations

The table below lists GitHub repositories for community translations. These are translations made by the community, for the community. Some of these translations may be incomplete but they can still make the Vue experience significantly more enjoyable for readers who prefer these languages.

For completeness, we've also included the official documentation in the list.

Language GitHub Last commit Last 90 days
en-us (opens new window) vuejs/docs (opens new window)
fr (opens new window) demahom18/docs-next (opens new window)
id vuejs-id/docs-next (opens new window)
ja (opens new window) vuejs-jp/ja.vuejs.org (opens new window)
ko (opens new window) vuejs-kr/docs-next (opens new window)
pt-br (opens new window) vuejs-br/docs-next (opens new window)
ru (opens new window) translation-gang/docs-next (opens new window)
zh-cn (opens new window) vuejs/docs-next-zh-cn (opens new window)

Thank you to everyone who has contributed to these translations. Your hard work is very much appreciated.

# Como posso me envolver com traduções?

Digamos que você fale Esperanto e quer saber quais iniciativas de tradução já existem e como se envolver em uma delas, confira esta issue afixada (opens new window) que contém discussões ativas sobre as iniciativas de tradução da nova documentação pela comunidade.

# Como colaborar com a versão em português?

Mas se você está aqui, deve ser por falar português! Neste caso, para nos ajudar diretamente, interaja com a equipe em nosso repositório de tradução (opens new window).

Nota

Problemas pontuais em traduções já realizadas, como erros de grafia pequenos ou frases confusas, podem ser reportados apenas criando uma issue (opens new window). Deixe claro sobre qual página se refere o problema e, preferencialmente, ofereça uma sugestão para a correção desejada.

Mas se você se sente à vontade para traduzir/revisar conteúdos inteiros por conta, os passos são:

  • Verifique o que já está em aberto nas issues (opens new window),
    • Se necessário, crie uma issue (opens new window) cujo título contenha claramente o nome do arquivo alvo da tradução. Por exemplo: Traduzir "guide/installation.md";
    • Na issue alvo de seu trabalho, deixe um comentário avisando que está trabalhando nisso, para evitar trabalho duplicado por outros colaboradores.
  • Faça um fork do branch master deste repo para sua própria conta,
    • Faça as traduções/revisões no(s) arquivo(s) que se propôs, usando o editor que quiser;
    • Recomendamos fortemente que faça uma revisão geral antes de considerar concluído, de preferência usando um corretor gramatical acoplado ao seu editor.
  • Ao finalizar, faça um pull request para este repo contendo o(s) arquivo(s) modificado(s) e a descrição do commit em inglês (recomendação do core team),
    • Alguém da equipe de mantenedores do Vue.js Brasil vai avaliar seu pull request, eventualmente solicitar novos commits se ainda precisar de algum ajuste e, depois de tudo pronto, liberar sua contribuição para o mundo.
  • Gostou e quer mais? Não se esqueça de fazer um pull das alterações mais recentes antes de recomeçar o processo, já que a documentação original em inglês sempre sofre alterações e frequentemente fazemos a sincronização com o upstream (opens new window) para manter tudo em dia.

Atenção

Se passar alguns dias desde que avisou sobre o trabalho que estava fazendo e não conseguir terminar, volte na issue e avise a equipe: outras pessoas podem querer dar continuidade em seu trabalho! Neste caso, você poderá enviar um pull request com a parte feita e deixar que outros façam novos commits ali mesmo, até que o trabalho seja finalizado. Por favor, não abandone do nada o trabalho em um arquivo sem avisar ninguém, isso dificulta demais a organização do projeto!

# Recomendações para qualidade da tradução

Para uma documentação padronizada e de qualidade, seguimos alguns princípios e recomendações gerais sobre o que fazer:

  • Traduzir os comentários dos códigos-fonte, sejam eles inline (//) ou de múltiplas-linhas (/* */);
  • Traduzir textos informativos dos códigos-fonte, por exemplo: <div id="level-1">Nível 1</div>;
  • Seguir maiúsculas e minúsculas conforme o original em inglês sempre que possível, exceto quando existir claramente uma regra de notação diferente na língua portuguesa;
  • Usar itálico em expressões sem tradução (por exemplo, view layer), exceto em nomes próprios grafados em maiúsculas (por exemplo, Internet);
  • Utilizar alguma extensão de ortografia e gramática vinculada ao seu editor de código, para evitar que erros deste tipo sejam submetidos;
  • Quando for submeter seu trabalho, sempre escreva a descrição do commit em inglês (recomendação do core team).

E algumas recomendações sobre o que não fazer:

  • Não traduzir nomes de variáveis, métodos, dados, ids, classes etc. nos códigos-fonte, ou seja, nada que afetaria a estrutura e a execução do código-fonte;
  • Não grafar em itálico tipos de dados ou valores primitivos (como true, false, String, Object);
  • Não modificar a estrutura dos arquivos .md traduzidos, ou seja, não mudar o local das quebras de linha, dos títulos, dos parágrafos, não remover quebras de linhha entre títulos e parágrafos, etc. Qualquer mudança neste sentido dificulta muito merges futuros na hora de manter a documentação atualizada em relação à documentação em inglês.
  • Não fazer pull diretamente do upstream (opens new window), este repositório da tradução é que deve ser alvo do seu fork pessoal;
  • Não fazer pull request diretamente para o upstream (opens new window), a tradução sempre acontece apenas neste repositório.

# Termos padronizados

Alguns termos recorrentes causam dúvidas aos novos colaboradores da tradução. Alguns são sempre traduzidos de certa forma, outros nunca são traduzidos. Veja como ficar dentro do padrão:

Sempre traduzimos

Devem ser traduzidos sempre da mesma maneira (a menos que sua tradução atrapalhe demais o contexto da frase, o que deve ser discutido na issue correspondente):

  • Bundler = Empacotador
  • Bundle = Pacote
  • Debug = Depuração
  • Handling = Manipulação
  • Event Listening = Escuta de Eventos
  • Render Function = Função de Renderização
  • Computed Properties = Dados Computados
  • Single File Components = Componentes Single File
  • Custom Elements = Elementos Personalizados
  • Performance = Desempenho
  • Watchers = Observadores
  • Under the hood = Em seu interior
  • Server-Side Rendering = Renderização no Lado do Servidor
  • Props = Propriedades
  • Hooks = Gatilhos
  • Bind = Vínculo ou Interligação
  • Build time = Processo de construção
  • Release notes = Notas de Lançamento
  • Build = Distribuição

Nunca traduzimos

Atualmente, recomenda-se que os termos a seguir sejam mantidos em inglês, inclusive com a grafia em itálico ou sem itálico, conforme apresentado a seguir:

  • getter
  • setter
  • standalone
  • runtime
  • store
  • scaffolding
  • loader
  • loop
  • template
  • wrapper
  • hot-reload
  • open-source
  • framework
  • issue
  • true
  • false
  • Number
  • String
  • Boolean
  • Array

Traduzir mas manter o original

Em alguns casos, para facilitar a compreensão, tanto por desenvolvedores menos experientes quanto pelos mais experientes, alguns termos podem ser traduzidos mas com o original em inglês entre parênteses, por exemplo:

A biblioteca principal é focada exclusivamente na camada visual (view layer) das aplicações.

Na dúvida, discuta na issue correspondente ao arquivo que estiver trabalhando, para trocar opiniões com os mantenedores.

# Como escrever melhor?

O core team criou um material vasto e interessante no Guia de Escrita da Documentação para melhorar a escrita de conteúdos de documentação, o que também é muito relevante para que traduzir conteúdos. Passe um tempo por lá se inteirando das recomendações, certamente serão úteis para isto e para várias outras situações.

# Como discutir sobre a tradução?

Como indivíduos, estamos espalhados por aí entre as várias comunidades Vue.js Brasil (opens new window) existentes em várias plataformas/localidades. Pode procurar por qualquer mantenedor listado neste GitHub e vai acabar encontrando em algum (ou vários) destes locais.

Mas, para fins de organização da tradução, não conduzimos discussões externas a este repositório. Portanto, vale reforçar: se precisar conversar sobre a tradução, crie uma issue (opens new window).